GERALNotícias

Morre ex-combatente da FEB Camilo Cola

Políticos repercutem nas redes sociais a morte do empresário, ex-deputado federal e ex-combatente da Força Expedicionária Brasileira

O Presidente da República Jair Bolsonaro utilizou as redes sociais para homenagear o empresário, ex-deputado federal e ex-combatente da Força Expedicionária Brasileira (FEB), Camilo Cola, que faleceu na noite de ontem (29) aos 97 anos de idade. “Nos deixou no dia de ontem, o veterano da Segunda Guerra Mundial, Camilo Cola. Dentre seus feitos a participação na tomada de Monte Castelo. 26/julho/ 1923 – 29/maio/2021. Obrigado por garantir nossa liberdade na luta contra o nazismo e o fascismo”, escreveu Bolsonaro.

O Governador do Espírito Santo Renato Casagrande decretou luto oficial de três dias e também utilizou as redes sociais para homenagear Camilo Cola. “Recebi com pesar a notícia do falecimento de Camilo Cola, ex-combatente, apaixonado pela política e, sobretudo, um dos maiores empreendedores do Brasil, que mesmo com o avançar da idade sempre fez planos para o futuro. Em homenagem, decretarei luto oficial por três dias no ES“, disse Casagrande.

Políticos de diversos partidos também deixaram as suas homenagens através das redes sociais. Confira:

“Lamento o falecimento do visionário empreendedor e veterano da 2ª Guerra, Camilo Cola, fundador da Itapemirim e que muito ajudou a profissionalizar o transporte no 🇧🇷. Em 2020 pude agraciá-lo com a Medalha Barão de Mauá, honraria máxima àqueles que fizeram pelo setor no Brasil. Que Deus o tenha no mais alto da Glória. Tenho certeza que sim, pela infinita misericórdia do Pai”. (Tarcísio Gomes de Freitas, Ministro da Infraestrutura).

“Hoje é dia de nos despedirmos dessa lenda chamada CAMILO COLA. Cumpriu seu legado entre nós. Brasileiro e Capixaba de primeira grandeza. Expedicionário, produtor rural, empresário, político . Orgulhou a pátria estando na segunda guerra. Um amigo, conselheiro e sempre incentivador. Seu legado precisa ser honrado por gerações futuras. Um dos maiores de nosso tempo. Nossa solidariedade a família e amigos”. (Evair de Melo, Deputado Federal).

“Não há palavras para expressar a perda do ex-deputado federal, veterano da Segunda Guerra e comendador Camilo Cola. Seu nome estará, para sempre, marcado na história do desenvolvimento do Estado do Espírito Santo e do Brasil. Nascido em Castelo, mas de coração cachoeirense, Camilo transpôs os desafios e obstáculos que a vida lhe impunha, com coragem e empreendedorismo, para criar a Viação Itapemirim, e torna-la uma das maiores empresas de transporte rodoviário do mundo, empregando e gerando renda e dignidade para milhares de famílias capixabas. Manifesto meu profundo pesar a toda família e amigos, na certeza de que Camilo Cola “combateu o bom combate” e, agora, descansa na eternidade, junto à Casa de Deus, nos braços de Nossa Senhora, de quem ele era devoto”. (Theodorico de Assis Ferraço, Deputado Estadual e ex-prefeito de Cachoeiro de Itapemirim).

“Lavador de carros, pracinha da FEB na Itália durante a Segunda Guerra Mundial, Camilo Cola é o exemplo perfeito e acabado da força do empreendedor brasileiro. Transformou um simples caminhão comprado com o empréstimo de um amigo no regresso da guerra na Itália no grupo Itapemirim, a maior empresa de transporte rodoviário de passageiros do país. Empresário arrojado, deputado federal por dois mandatos, sua morte é uma perda irreparável para o Espírito Santo e o Brasil”. (Rose de Freitas, Senadora da República)

“Acabo de receber a triste notícia do falecimento, aos 97 anos, do sr. Camilo Cola. Um homem a frente do seu tempo. Empresário, ex-deputado federal, mas acima de tudo um visionário. Cachoeiro perde um de seus nomes mais ilustres, que levou nossa cidade ser conhecida nos quatro cantos do Brasil. Nossos mais profundos sentimentos a família Cola”. (Victor Coelho, Prefeito de Cachoeiro de Itapemirim e Presidente da AMUNES).

“Recebi a triste notícia do falecimento do refugo Camilo Cola, aos 97 anos. Visionário, foi deputado federal, mas com a sua Viação Itapemirim, uma das maiores empresas do país, que levou o ES ao cenário nacional em particular. Meus sentimentos e orações à família”. (Erick Musso, Presidente da Assembleia Legislativa do ES)

“Falar de Camilo Cola é falar de futuro. Um ser humano à frente do tempo. Visionário, empreendedor, ex-combatente, político … o ES perdeu uma mente brilhante. Aos 97 anos, Camilo Cola faleceu neste sábado (29) em Cachoeiro de Itapemirim”. (Renzo Vasconcelos, Deputado Estadual).

Fonte: Colatina Noticias

Por Estevão Gomes 30/05/2021 – 11:52 hs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Error